quarta-feira, 11 de outubro de 2017

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Defesa de dissertação

Sobre linhas salgadas da borbulhante ondulação do mar, nessa mistura e romance que ele tece na praia, desvelam-se possibilidades de encontros e grafias sensíveis. Nesse ensejo, ora vagaroso, ora em momentos de ressaca, desfrutamos os devaneios, idéias, sonhos, e caminhos abertos por Aline Lúcia, em sua dissertação: "A lenta dança do mar na costa ou uma leitura sensível da grafia das ondas". A defesa ocorrerá no dia 10/08/2017, na sala 3051 do Instituto de Geociências, na Universidade Federal de Minas Gerais, em uma manhã de inverno, às 10:00h.

Banca Examinadora:
Prof. Dr. Carlos Lobo (UFMG) - Orientador
Profa. Dra. Vírginia de Lima Palhares (UFMG) - Co-orientadora
Profa. Dra. Letícia Pádua (UFVJM)
Profa. Dra. Maria Luíza Grossi Araújo (UFMG)
Prof. Dr. José Antônio de Deus (UFMG)


terça-feira, 18 de abril de 2017

Primeiros arrepios do outono...

Talvez, para uns, o outono anuncie os primeiros agouros dos gélidos e tristes sopros do inverno. Outros, no entanto, se envolvem nessa estação transitiva criando resiliência... indagando as transformações em direção a um possível silêncio. Em nossas duvidas e incertezas, queremos, atrelados às variações do outono, nos embaraçar com a morte. Que caminhos nos levam a descobrir a morte que paira, diariamente, fresca no ar? Sob gostos, signos e sentimentos, caminhamos em direção aos sabores. "Conseguirei captar o regojizo infinitamente doce de morrer" já nos afirma Clarice que a morte tem um sabor. Mas que sabor é esse? Descobriremos (ou talvez não) então, juntas, os sentidos atrelados à esse questionamentos, no embalar volátil dos ecos do outono.
no.